A Ganha-Pão | The Breadwinner – Destaque Monstra 2018

A Ganha-Pão ( The Breadwinner ) de 2017, do estúdio Cartoon Salon realizado por Nora Twomey passa Segunda-Feira, 12 de Março no Cinema São Jorge às 22h00 na Competição Longas (94’, VO, leg.pt).

O filme conta a história de Parvana, uma rapariga a crescer no Afeganistão rodeada de repressão, do hálito da guerra cada vez mais próximo e de contos que o pai partilha.
Parvana disfarça-se de rapaz para sustentar sua família e descobrir o destino do seu pai, preso injustamente.

Um conto inspirador sobre o poder das histórias e o seu potencial para nos unir e curar.

Neste vídeo podemos espreitar o processo de animação do filme. Curto mas bastante detalhado é curioso descobrir a quantidade de arte analógica criada, desde pinturas para os cenários a recortes de papel para os contos, apesar de o produto final ser principalmente digital.

A realizadora Nora Twomey, co-realizadora do The Secret of Kells e escritora no Song of the Sea, filmes anteriores do estúdio Cartoon Saloon, parece ser fascinada com histórias e mitos tradicionais.
Algo que parece fazer parte do ADN do próprio estúdio e que também partilho, a ideia de que o folclore é um elemento fundamental para entender e descodificar a existência e condição humana.

Reforçando esta ideia, mais no inicio de carreira Nora dirigiu a curta premiada From Darkness (2002) baseada num conto tradicional do povo Inuit.

Outra curta, Cúilín Dualach (2005) conta a história de um rapaz que nasceu com a cabeça ao contrário. Sendo uma história original bem podia ser um conto popular moderno.

Será curioso ver The Breadwinner como mais um ensaio sobre a busca de significado e força para o mundo actual, através dos contos e histórias que nos formaram o passado.

[ Link para a página do filme no site do Monstra 2018.]

Post navigation

%d bloggers like this: